sexta-feira, março 19, 2010

O Homem Lixo



Sou o "Homem Lixo" assistindo a TV
Contemplando no palco colorido, um apresentador prolixo
Me fixo, sem as mãos, vejo atento
Ele, a contento, mostrando-me moscas lunares

E assim, as dançarinas zumbis invadem os lares
Após o show de horrores da platéia
Não saiam daí, próxima atração:
“Lobisomem juvenil lidera a alcatéia”

Já vi esse filme, quem está atrás da máscara?
Não há compaixão, não tenho sofá, acompanho tudo do colchão
De solteiro, no canto da sala, cativo meus ácaros em adestração
E todos juntos, mandriões, acompanhamos a programação

O controle remoto é meu serviçal, exerce a função
De buscar divertimento e distração a minha disposição
Prende-me a atenção, sou óculo-manual, inclino-me a propensão
De ser seduzido pelo magnetismo, impelindo-me à aproximação

Insinuante, faz-me levantar, me traz a necessidade, fico fora do ar
Aqui nessa cidade, ninguém é sozinho, todos podem tê-la, pagar para vê-la
Aflito, me despeço, desloco-me interpretando uma personagem estranha... Entristeço
Pensando estar sendo sugado pelas suas elétricas entranhas...
... Adormeço.










*Dedicado a: 
Lux Interior e Poison Ivy 
da banda rockabilly The Cramps.





video
Fonte: Youtube
Video: Human Fly

Nenhum comentário:

Postar um comentário